Instituição   Serviços   Atribuições   Imprensa   Licitações   Fale Conosco
 

Fundação Ceperj aplica provas para o magistério estadual em 18 municípios

26/01/2014

Os 30.861 candidatos às 1.400 vagas conhecerão os gabaritos na terça-feira

Cinquenta questões respondidas em três horas foi a tarefa dos 30.861 candidatos que querem uma chance de entrar para o magistério estadual. Eles disputaram, neste domingo (26/01), 1.400 vagas para cargos efetivos de professor Docente 1 de 16 horas e  de 30 horas semanais, fazendo prova objetiva de Português, Conhecimentos Gerais, Pedagógicos e Específicos aplicada pela Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro), no Rio e em mais 17 municípios. Na terça-feira (28/01), quando forem divulgados os gabaritos preliminares, todos poderão conhecer seus erros e acertos disponíveis no Diário Oficial do Estado e no portal www.ceperj.rj.gov.br, da organizadora.   

O presidente da Fundação Ceperj, Maurício Carlos Ribeiro, acompanhou o concurso, monitorando todas as ações, desde o início da aplicação dos exames, até o retorno das centenas de malotes à sede da organizadora. É positiva a análise que ele faz das provas  realizadas em 68 colégios estaduais e centros educacionais de 18 cidades, com organização, transparência e segurança. Elas começaram e terminaram nos horários estabelecidos (das 10h às 13h) e envolveram cerca de 3.700 pessoas sob a coordenação geral da diretora de Concursos e Processos Seletivos da Ceperj, Verônica Braz.   

- A aplicação das provas para este concurso da Secretaria de Estado de Educação transcorreu sem problemas e os assuntos pontuais foram imediatamente resolvidos. Dos 36.783 candidatos convocados, apenas 5.922 faltaram, significando um índice de abstenção baixo, de 16,10%, levando-se em consideração a média histórica de até 25%. Isso demonstra que os candidatos estão realmente interessados em seguir a carreira do magistério – afirma Maurício Carlos Ribeiro.

Além da capital, os exames foram aplicados também nos municípios de Niterói, Cabo Frio, Três Rios, Vassouras, Volta Redonda, Angra dos Reis, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Duque de Caxias, Belford Roxo, Itaperuna, Santo Antônio de Pádua, Campos dos Goytacazes, Macaé, Petrópolis, Nova Friburgo e Cantagalo. Apresentaram 50 questões elaboradas com base no conteúdo programático descrito no edital, distribuídas em três blocos: 10 perguntas de Português e 10 de Conhecimentos Pedagógicos, comuns a todos os candidatos, e 30 questões de Conhecimentos Específicos direcionadas aos cargos de professor de 16 horas e de 30 horas.

Todas as perguntas, nos três blocos, foram de múltipla escolha, com cinco alternativas, valendo dois pontos cada uma, no total de 100 pontos. Serão eliminados do concurso os candidatos que não alcançarem 50% do total de pontos possíveis, respeitado o mínimo exigido para cada bloco, ou seja, 10 acertos em Português e Conhecimentos Gerais e Pedagógicos e 30, em Conhecimentos Específicos.

A diretora Verônica Braz explica que a prova de Português teve como objetivo fundamental avaliar a capacidade do professor de ler, compreender e interpretar textos de linguagem verbal e visual, essenciais a todas as áreas e disciplinas que estruturam as atividades pedagógicas da escola. Na prova de Conhecimentos Gerais e Pedagógicos, as questões foram elaboradas com ênfase em conhecimentos referentes à Metodologia, Legislação de Pessoal, Legislação Educacional e Políticas Públicas, que visam à equidade e à qualidade da educação. A prova de Conhecimentos Específicos foi direcionada aos conteúdos necessários às atribuições dos dois cargos, com foco em compreensão de fenômenos, resolução de situações-problema, construção de argumentações e elaboração de propostas.

Todos os candidatos também passarão por avaliação de títulos, de caráter exclusivamente classificatório, valendo 10 pontos, no máximo.  Os concorrentes que se esqueceram de levar os documentos, que deveriam ser entregues após o término da prova objetiva deste domingo, como previsto em edital, serão classificados apenas pelos pontos obtidos nesse exame. A avaliação será realizada por banca indicada pela Fundação Ceperj, que somente examinará os títulos dos candidatos aprovados na prova objetiva.  

Vale lembrar que as provas entram no portal www.ceperj.rj.gov.br, da Fundação Ceperj, no fim da tarde deste domingo, podendo ser acessadas por todos os candidatos, principalmente por aqueles que não aguardaram o horário para levar o caderno de questões e não puderam copiar sua marcação de respostas, sob pena de serem  eliminados do concurso, no caso de descumprimento.

O resultado preliminar das provas será divulgado em 19 de fevereiro, quando os 30.861 candidatos presentes terão acesso à imagem dos seus cartões de respostas.

 

(página inicial)

 

 
Fundação CEPERJ - Centro Estadual de Estatísticas Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro
Av. Carlos Peixoto, 54 - Botafogo - Rio de Janeiro
Informações sobre concursos:
SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CANDIDATO: 2334-7100 / 2334-7117 / 2334-7132